A Lua está diminuindo

A Lua está diminuindo diz cientistas do Museu Nacional Aéreo e do Espaço da Smithsonian Institution, em Washington analisaram os dados enviados pela nave espacial Orbitador de Reconhecimento Lunar (LRO) da NASA, que foi lançada em 2009, e concluíram por meio das imagens de alta resolução reveladas que a lua está diminuindo de tamanho.

As imagens revelaram que a atração gravitacional da Terra está mexendo na crosta lunar e provocando rachaduras enormes em sua superfície. Foram encontradas 14 escarpas em forma de lóbulo falhadas, ou falésias, que provavelmente foram formadas à medida que interior quente da lua esfriava e se contraía, forçando a crosta sólida a ceder e o satélite da Terra diminuir seu tamanho.

escardas

Assim como a Lua exerce atração gravitacional na Terra fazendo com que os mares e lagos subam e desçam com as marés, a Terra também exerce forças de marés na lua.

Esse fenômeno já era estudado há algum tempo pelos cientistas, mais só há pouco tempo é que eles descobriram que há um padrão que sugere que algo mais está influenciando no surgimento dessas fendas e falhas na crosta lunar. Esse algo mais é essa atração gravitacional da Terra.

Força da maré terrestre

Sabe-se que as forças de maré da Terra não agem igualmente por toda superfície lunar; elas são mais fortes nas partes mais próximas ou mais longe da Terra.

Consequência disso é que muitas escarpas são alinhadas do norte ao sul em latitudes baixas e médias, perto do equador lunar, e de leste a oeste em altas latitudes, próximas aos polos lunares.

O cientista John Keller do projeto LRO no Goddard Space Flight Center da NASA, em Greenbelt, Estados Unidos, declarou que: “Se estas falhas lunares ainda estão ativas, terremotos lunares de pouca profundidade podem ocorrer ao longo delas. Esses tremores devem acontecer com mais frequência quando os efeitos das marés da terra são maiores na lua- quando ela está mais distante da terra em sua órbita”.

E se a Lua não existisse mais?

Segundo o geólogo Larry O´Hanlon, as ondas dos oceanos ainda continuariam se movendo, uma vez que as águas sofrem atração gravitacional do sol.

Erupções vulcânicas aconteceriam com mais frequência e o centro da terra poderia sofrer oscilações com marte. Essa oscilação poderia deixar o planeta cada vez mais instável e menos habitável.

O fato é que algo estranho está acontecendo na Lua, conforme dados obtidos pelo satélite Orbitador de Reconhecimento Lunar da NASA.

A pergunta é o quê está acontecendo verdadeiramente? Pois sabemos que a NASA nunca revelará a verdade, o video abaixo esta em inglês porem pode ser usado a configuração para legenda.

 

%d blogueiros gostam disto: