Rabino Yitzhak Kaduri profetiza o nome e a vinda do messias.

yitzhak_kaduriRabino dos rabinos, assim Yitzhak Kaduri era considerado na história moderna de Israel e tido por muitos como um profeta.

Yitzhak Kaduri era procurado por outros rabinos e líderes judaicos para aconselhamento e bênçãos, pois era tido pelos rabinos chefes, como um Tsadik, um homem justo, homem santo.

Além de sábio e carismático, Yitzhak Kaduri possuía uma memória excelente sobre os textos bíblicos, talmud, rashi e outros textos judaicos.

Poucos meses antes de falecer Yitzhak Kaduri deixou uma enigmática nota aos cuidados de seu filho e rabino David Kaduri e com expressa recomendação de só abri-la um ano após sua morte.

Disse também que o conteúdo da nota foi passado a ele pelo próprio Messias, que se manifestou a ele numa determinada noite.

 

A profecia bíblica

notaKaduriQuando a nota foi aberta, revelou o que muitos têm conhecido há séculos: Jesus é o Messias.

Com o nome bíblico de Jesus, o rabino e cabalista descreveu o Messias utilizando seis palavras e insinuando que as letras iniciais formam o nome do Messias. No que se refere à abreviação na carta do nome do Messias, “Ele vai erguer o povo e provar que a sua palavra e a lei são válidas. Isto é o que tenho assinado no mês da misericórdia”.

A frase em Hebraico, com o nome oculto do Messias, é lida da seguinte forma:
Yarim Ha’Am Veyokhiakh Shedvaro Vetorato Omdim

A sigla inicial soletra o nome hebraico de Jesus: YehoshuaYehoshua e Yeshua são efetivamente o mesmo nome, derivado da mesma raiz hebraica da palavra “salvação“, como documentado em Zacarias 6:11 e Esdras 3:2. O mesmo sacerdote escreve em Esdras, “Yeshua filho de Yozadak” enquanto é escrito em Zacarias: “Yehoshua filho de Yozadak.” O sacerdote acrescenta a abreviação sagrada do nome de Deus, Ho, no nome do pai Yozadak e no nome Yeshua.

Com um dos mais proeminentes rabinos de Israel indicando que o nome do Messias é Yeshua, é compreensível por que razão o seu último desejo era esperar um ano após sua morte antes de revelar o que ele escreveu.

Quando o nome de Yehoshua apareceu na mensagem de Kaduri, Judeus ultra-ortodoxos de seu Nahalat Yitzhak Yeshiva (seminário), em Jerusalém alegaram que seu mestre não deixou a solução exata para decodificar o nome do Messias.

Diante desse fato, a sociedade religiosa israelense ficou atônita, judeus ultra-ortodoxos Nahalat Yitzhak Yesshiva em Jerusalém, alegaram que o falecido rabino não deixou a solução exata para decodificação do nome do messias.

Sites judaicos revelaram sentimentos diversos de seus leitores: Alguns diziam que o rabino era cristão e os cristãos estavam dançando e celebrando; outros diziam que a nota era uma falsificação.

O jornal Israel Today conversou com dois seguidores de Kaduri, em Jerusalém, que admitiram a autenticidade da nota, mas um tanto confuso. Nós não temos ideia de como o mestre chegou a este nome do Messias.

A profecia de Yitzhak Kaduri, não informa o dia e nem a hora em que o Messias, será revelado, só cita o nome, o que para o povo judeu é algo tremendo. Já que em Israel até falar de Jesus no dia a dia é algo temeroso.

Mas a profecia de Kaduri revelou algo perturbador, que o messias Jesus só se manifestará após a morte de Ariel Sharon.

Certo é que os seguidores de Kaduri não conseguem ver a ligação entre os dois acontecimentos, a manifestação do messias e a morte de Ariel Sharon.

O respeitado pastor Carl Gallups, ex investigador de policia, e autor do livro “O rabino que encontrou o messias”, onde faz uma investigação da vida e das profecias de Kaduri.

Afirma com todas as letras que grande evento deve acontecer em Israel muito em breve.

O pastor Chuck Missler, autor de dezenas de livros sobre profecias bíblicas, informou que as “declarações do rabino ultra ortodoxo Yitzhak Kaduri, o mais venerado religioso em todo Israel, causam um impacto tremendo nos corações daqueles que acreditam em Deus e que Este não se esqueceu de Israel”.

Muitos sites judaicos especializados em profecias estão fazendo uma conexão entre a revelação do rabino com eventos cósmicos, como as “quatro luas de sangue”, ocorridas entre 2014 e 2015 .

lua de sangue

Segundo alguns estudiosos da bíblia, há uma conexão direta entre essas quatro luas de sangue (eclipses lunares) e o que esses eventos anunciam para Israel e para toda a humanidade.

A revelação de um rabino ultra ortodoxo, respeitadíssimo nos meios políticos e religiosos de Israel, afirmando por meios de fundamentos Bíblicos que o nome do Messias, cuja vinda os judeus esperam há milênios é YehoshuaJESUS”. Algo tremendo e assustador. Tremendo porque os judeus agora, passam a crer que Jesus é o FILHO DE DEUS.

Acompanhe a mensagem no Yutube.

 

%d blogueiros gostam disto: