Nefilins, Aliens e Manipulação Genética

Conta-se que certa vez, os filhos de Deus viram que as filhas dos homens eram formosas; e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram e desejaram e com elas copularam e assim deram início ao processo de manipulação dos genes num organismo fora do processo normal reprodutivo deste.

Quando os filhos de Deus copularam com as filhas dos homens, neste ato, houve um processo anormal de reprodução humana. Houve uma modificação genética uma introdução do DNA a exprimir um novo gene.

O objetivo era introduzir novas características genéticas nesses futuros bebês.

Os Nefilins (Híbridos)

Estes eram conhecidos com os valentes que houve na antiguidade, os homens de fama, eram os gigantes, homens de mais de três metros.

ossos gigante

Os “filhos de Deus” era uma “classe de anjos” que não estavam presos às leis da física, eram chamados de “vigilantes” e, portanto tinham o poder de materializar e de vir aqui na terra “como homens”.

Tais anjos eram chamados de “varões” (homens portentosos), o que posterior, tornou-se uma designação comum para referir-se aos homens.

Contam ainda que houve um dilúvio, choveu por mais de quarenta dias e quarenta noites e que os pais (vigilantes) dos nefilins (híbridos) não morreram, pois como eram criaturas espirituais ainda que em corpos materiais, e que provavelmente continuaram com seus poderes espirituais, e este poder deve ter sido usado por eles, ficando assim, durante o dilúvio, suspensos na atmosfera terrestre.

E após o dilúvio eles descem a terra coabitam com as filhas dos homens novamente, por meio de manipulação genética, inserem seu DNA no organismo das filhas dos homens e assistem a proliferação da humanidade contaminada com seus genes novamente.

O mistério do DNA Humano

O Projeto Genoma superou todas as expectativas e foi além do esperado com a descoberta de uma sequência indecifrada de genes que guarda o segredo da origem da espécie humana.

A descoberta de material genético que não pertence à Terra pelo Projeto Genoma, confere um tom maior de credibilidade às hipóteses da origem humana como resultado de engenharia genética realizada por vigilantes, dando origem aos seres híbridos, conhecidos como Nefilins,  descritos em textos antigos (principalmente  na cultura judaica e a cultura da Suméria, Mesopotâmia e hoje o Iraque).

O líder do grupo de pesquisadores e os coordenadores do Projeto Genoma Humano encontram a prova absoluta de contato extraterrestre com “seres humanos da Terra ‘através de provas de DNA”.

Informa o professor Sam Chang, líder da equipe de pesquisa do Projeto Genoma que essas sequências não codificadas são comuns a todos os organismos vivos da Terra, do mofo, aos peixes e aos homens. No DNA humano, as sequências constituem grande parte do total do genoma.

Chamadas de “junk DNA” (DNA lixo, pois a princípio, parecia não servir para nada, de acordo com os nossos cientistas), as sequências foram descobertas há anos atrás e sua função permanece um mistério.

As sequências foram analisadas por programadores de computador, matemáticos e outros estudiosos. “Com os resultados o profº Chang concluiu que o “DNA lixo” foi criado por algum tipo de manipulação genética de origem desconhecida”.

Essa parcela de código genético é determinante de atributos, muitas vezes indesejados, como a imunidade de um organismo às drogas anti-câncer.

“O fato é que a maior parte do DNA humano é  de origem extraterrena”.

Não sabemos de tudo, só sabemos aquilo que querem que saibamos.

%d blogueiros gostam disto: