Sistema solar tem novo planeta, e daí!

No último dia 20 de janeiro Mike Brown do Caltech (Instituto de Tecnologia da Califórnia) o mesmo que descobriu planeta anão Éris e seu amigo e coautor Konstantin Batygin, através de um trabalho publicado em seu artigo na Astronomical Journal  tem evidência da existência de um novo planeta em nosso sistema solar, através de modelo matemático e computacional Brown explica que a orbita deste planeta traz o que precisava para explicar estranhos comportamentos de objetos que compõe o Cinturão kuiper, (anel de corpos congelados que fica além de Netuno).

Michael E. Brown
Michael E. Brown

O Planeta Nove, apelidado provisoriamente, tem massa 10 vezes maior do que a da Terra, com o tamanho de Netuno, o mesmo pode ser gasoso ou rochoso (Super-Terra), o tempo estimado para dar a volta ao redor do sol leva entre 10 mil a 20 mil anos, esta afastado em 200 vezes a distância entre a Terra e o Sol, isso dificulta refletir luz, prejudicando sua localização.

Brow explica que o planeta pode ter passado despercebido por outros telescópios e propõe que deve ser revisto os materiais já coletados, voltando atenção dos astrônomos do mundo todo para a procura, como primeiro passo esta utilizando o telescópio Subaro um dos mais poderosos.

Telescópio Subaro
Telescópio Subaro Hawaii

Leitor a descoberta de um novo planeta vem como um presente, ou melhor, um milagre assim como a vida, essa descoberta vem preencher uma parte do vazio, olhamos tão longe para encontrar algo e temos a chance de encontrarmos aqui tão próximo, já pensou a possibilidade de ser um planeta rochoso e então conter vida, tenho a convicção que não conhecemos nosso próprio quintal, as incertezas que tínhamos sobre nosso sistema estão sendo sanados, muitos astrônomos não conseguiam explicar os fenômenos que ocorriam e agora é possível, sempre ouve especulação por parte deles sobre um possível Planeta X, acredito que vem muitas surpresas por ai, fique de olhos aberto as noticias do fimdostempos.net.br

%d blogueiros gostam disto: